Cartão de crédito MEI: cartão disponível para o empreendedor
Imagem: Freepik

O cartão de crédito MEI é fundamental e uma forma de conceder um apoio financeiro. A princípio, o microempreendedor necessita de subsídios para seu negócio, e poder contar com empresas que forneçam cartões de crédito pode ser uma boa.

Portanto, o post de hoje foi feito para responder às principais dúvidas que o microempreendedor individual tem a respeito do cartão de crédito MEI. Confira os detalhes a seguir:

Como fazer cartão de crédito com CNPJ MEI?

Primeiramente, o interessado em solicitar um cartão de crédito MEI é abrindo uma conta PJ em algum banco. Ou seja, uma conta empresarial.

Nesse sentido, a conta bancária PJ é destinada para as empresas e aberta mediante apresentação do CNPJ. A princípio, o CNPJ tem a mesma função que o nosso CPF.

A diferença é que um é destinado para pessoa física (no caso, o CPF) e o outro representa o cadastro de uma empresa (o CNPJ).

Então, no momento de abrir uma conta em banco, o proprietário do negócio tem acesso a diversos serviços e benefícios, além de poder solicitar um cartão de crédito corporativo.

Logo, ter uma conta bancária para sua empresa permite desfrutar de apoios financeiros, controle de gastos e vantagens exclusivas, dependendo do banco.

Cartão de crédito MEI: cartão disponível para o empreendedor
Imagem: Freepik

Como abrir uma conta PJ nos bancos

Atualmente, todas as instituições bancárias oferecem a possibilidade da conta PJ. E o melhor, já é possível fazer isso sem precisar ir até uma agência. Nesse sentido, você pode abrir uma conta digital de forma bem simples e rápida.

No entanto, vale ressaltar que a conta PJ digital contempla apenas:

  • Empresa com um único sócio
  • MEI
  • EI
  • EIRELI

Desse modo, as empresas que tiverem dois sócios ou mais só poderão ter uma conta bancária aberta diretamente na agência.

Porém, nosso conteúdo de hoje é dedicado ao microempreendedor que deseja um cartão de crédito MEI. Nesse caso, a abertura de conta digital pode ser feita da seguinte forma:

  • Dados pessoais do sócio: RG, CNH, RNE ou Entidade de Classe
  • Informações da empresa: cartão CNPJ da empresa e o requerimento de Empresário ou Registro de Constituição na Junta Comercial
  • Envio dos documentos: enviar as fotos dos documentos, que devem ser tiradas no momento de solicitar a abertura de conta

Após isso, basta escolher o melhor pacote de serviços. Lembre-se de analisar se os itens escolhidos atendem as necessidades do seu negócio. Por fim, sua proposta será analisada e respondida em até 48 horas.

Agora, caso a sua empresa tenha dois sócios ou mais, será preciso levar a mesma documentação (mais a dos sócios) direto na agência bancária escolhida.

Agora que já entendemos sobre como abrir uma conta PJ, vamos falar sobre o cartão de crédito MEI. Acompanhe:

Cartão de crédito MEI

Depois de entender mais sobre a conta bancária para empresas, é preciso entender como pedir um cartão de crédito MEI. Entretanto, antes é preciso esclarecer alguns pontos.

Primeiramente, a concessão de crédito para uma empresa é passível de análise. Ou seja, o banco vai analisar a sua solicitação, entender se a empresa está em um momento favorável, se tem lucro.

Portanto, tenha ciência de que a aprovação pode ou não ser concedida. Tudo vai depender dos requisitos do banco escolhido. Especialmente porque eles analisam o faturamento.

Cartão de crédito MEI: cartão disponível para o empreendedor
Imagem: Freepik

Então, mediante o lucro do negócio, eles podem ou não conceder o cartão. E, caso aprovem, vão oferecer um limite que achem justo para o momento da empresa.

Além disso, é possível analisar alguns pacotes exclusivos oferecidos por determinados bancos. Lá, eles já podem incluir a possibilidade de um cartão de crédito MEI. Mas claro, mediante análise.

Ah, importante lembrar que você deve prestar atenção nas condições do cartão. Por exemplo, taxa de juros, anuidade, entre outros fatores.

Para isso, você pode considerar os seguintes fatores:

  • Quais os serviços bancários sua empresa precisa hoje
  • Quanto você está disposto a pagar mensalmente pela manutenção da conta

Quais as vantagens do cartão de crédito MEI

Se você acredita que sua microempresa é apta para solicitar um cartão de crédito MEI, vamos te contar alguns dos benefícios que a maioria das instituições bancárias oferecem. Confira:

  1. Zero anuidade: a princípio, alguns bancos concedem anuidade zero ao cadastrar o CNPJ como chave Pix. Ou ainda, caso o gasto mensal seja de, no mínimo, R$ 100,00
  2. Cartão múltiplo: um único cartão que ofereça as funções de débito e crédito MEI,  tanto para movimentar a quanto realizar compras no crédito;
  3. Descontos com parceiros: nesse sentido, o banco pode oferecer descontos com outras empresas parceiras
  4. Facilidade para pedir empréstimo: se em algum momento o seu negócio precisar de um empréstimo, alguns bancos concedem taxas mais atrativas e facilitadas para os clientes.

Como você viu, uma conta PJ pode trazer inúmeros benefícios à sua empresa, além do cartão de crédito MEI. Contudo, existem diversos bancos, então como escolher o melhor cartão para sua empresa?

É sobre isso que vamos falar no tópico a seguir:

Melhores opções de cartão de crédito MEI

Como você viu, o MEI pode ter acesso a diversas soluções financeiras. Nesse sentido, elas oferecem mais agilidade para o dia a dia da empresa. E com o cartão de crédito MEI não é diferente.

Assim como o cartão para pessoa física, o cartão MEI traz mais vantagens, como programas de pontos e benefícios, por exemplo.

Cartão de crédito MEI: cartão disponível para o empreendedor
Imagem: Freepik

No entanto, são diversas as opções, e o microempreendedor pode ficar na dúvida sobre qual cartão solicitar. Por isso, nós listamos abaixo os principais e melhores modelos do mercado. Veja só:

Nubank

A princípio, os cartões de crédito do Nubank são um dos mais solicitados pelos empresários (e pessoas físicas também). O cartão de crédito Business é vinculado à conta PJ e pode ser uma ótima solução para seu negócio.

Por se tratar de um banco digital, a solicitação do cartão é feita via aplicativo, e necessita de aprovação da instituição.

Além disso, as vantagens desse cartão incluem gratuidade nas tarifas, ajuste de limite e o programa Mastercard Surpreenda Empresas. Porém, vale considerar que, para sacar dinheiro, é preciso pagar uma taxa.

Cartão de crédito MEI banco Inter

Nossa segunda alternativa de cartão de crédito MEI é o oferecido pelo banco Inter! Nesse sentido, uma das vantagens é que o banco não cobra taxas de anuidade e na conta digital PJ, e nem tarifas.

E claro, vale lembrar que a emissão do cartão de crédito só acontece mediante aprovação, bem como a estipulação do limite de uso.

A princípio, as vantagens deste cartão de crédito incluem:

  • Emissão gratuita de boletos
  • Pix gratuito
  • 100 TEDS grátis por mês
  • Recebimento através de QR Code

Banco Bradesco

Antes de mais nada, o Bradesco Net Empresas também oferece um bom cartão de crédito MEI. Dentre os seus recursos oferecidos, podemos destacar as modalidades Elo Nacional e Internacional.

Entretanto, é válido frisar que a anuidade deste cartão é mais cara e também há outras tarifas.

Porém, os benefícios oferecidos pelo Bradesco incluem coisas interessantes, como:

  • Link para vendas online
  • Cobertura em caso de despesas indevidas
  • 24 meses livre de pedágios e estacionamentos
  • Soluções de crédito com condições facilitadas

Cartão de crédito MEI C6 Bank

Atualmente, o cartão de crédito MEI Business do C6 Bank também possui características interessantes para quem é microempreendedor individual. Ele é vinculado diretamente à conta digital C6 MEI.

Além disso, ele não possui tarifas ou taxas de manutenção. Desse modo, a solicitação também é feita através do aplicativo do banco.

Outra vantagem é que esse cartão de crédito não faz cobranças de anuidade, funciona na bandeira Mastercard Internacional e nas modalidades de débito e crédito.

No entanto, o C6 tem avaliações regulares no Reclame Aqui, faz análise para disponibilizar a função crédito no e atribui os seguintes limites de valores para saques:

  • R$ 1.000,01 / dia
  • R$ 5.000,01 / semana
  • R$ 20.000,01 / mês

Contudo, a conta digital C6 MEI oferece diversos benefícios como:

  • Maquininha de cartão;
  • 100 TEDs gratuitos mensalmente;
  • Oferta de crédito;
  • Pagamento de estacionamento e pedágio;
  • Investimentos.
Cartão de crédito MEI: cartão disponível para o empreendedor
Imagem: Freepik

Afinal, vale a pena ter um cartão de crédito MEI

Como você pode ver, o cartão de crédito MEI pode ajudar seu negócio de forma simples. Dessa forma, ao escolher o melhor cartão, novamente ressaltamos a importância de analisar as necessidades da sua empresa.

Em relação às principais facilidades, podemos destacar:

  • Separar os recursos pessoais dos da empresa
  • Controlar o financeiro do negócio
  • Gerir todas as compras
  • Sacar e parcelar as compras

Além disso, vale lembrar que para pedir o cartão de crédito MEI você precisará de uma conta digital no banco escolhido. E claro, o banco vai analisar tanto a solicitação de conta quanto para a função de crédito.

Um outro aspecto positivo é que ao abrir a conta, o seu negócio vai ganhar outros benefícios. Dessa forma, também vai simplificar a gestão financeira no dia a dia.

Por fim, é importante analisar as principais instituições bancárias, suas condições, vantagens, taxas, entre outros aspectos. Lembre-se também de enviar toda a documentação correta. Assim, as chances de ter uma conta aprovada se tornam maiores.

Se este conteúdo foi útil para você, aproveite para deixar um comentário aqui embaixo!

Artigo anteriorHarmonização facial: quais são os limites para a realização dos procedimentos?
Próximo artigo59 anos da Ditadura Militar no Brasil: veja como estudar o tema para o vestibular
Empresária - CO-Fundadora do grupo JGMC somos especializados em produção de conteúdo, mais informações no site: https://jgmc.tech

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui