Há alguns anos, o furto de um telefone celular representava apenas uma perda financeira. Porém, atualmente o prejuízo pode ser bem mais significativo. Isso se deve ao fato de que, com o avanço da tecnologia e a aprimoramento das habilidades dos criminosos. Além da perda do aparelho pode ser considerada insignificante. 

Se comparada ao que uma gangue é capaz de fazer com acesso aos documentos, contas de mídias sociais. Sobretudo, contas bancárias da vítima.

De acordo com o Anuário de Segurança Pública de 2022, nos anos de 2018 a 2021, ocorreram cerca de 3,7 milhões de casos de roubo ou furto de celulares. Além do custo financeiro para substituir o aparelho perdido, essa situação pode levar a golpes financeiros. E também à divulgação de informações pessoais. 

A seguir, apresentamos um guia completo com medidas para proteger seus dados em tais circunstâncias:

Dicas práticas de proteger seu celular de furtos

Os smartphones tornaram-se um objeto de desejo para os ladrões, devido ao seu valor elevado e à quantidade de informações pessoais armazenadas. Por isso, é importante tomar medidas para proteger o seu celular de furtos. Aqui estão cinco maneiras de fazer isso:

  1. Bloqueio de tela: defina uma senha, padrão ou reconhecimento facial para desbloquear o seu celular. Isso dificultará o acesso não autorizado às suas informações pessoais em caso de roubo.
  1. Aplicativos de segurança: há vários aplicativos de segurança disponíveis que podem ajudar a proteger o seu celular de furtos. Eles podem enviar alertas para o seu e-mail ou outro dispositivo caso o celular seja roubado. Localizá-lo por GPS, bloquear o acesso a certos aplicativos e até mesmo apagar remotamente todos os dados do celular.
  1. Não deixe o celular à vista: quando estiver em público, tente manter o celular fora da vista de outras pessoas, especialmente em áreas movimentadas ou desconhecidas. Guarde-o em um bolso interno ou em uma bolsa, e evite usar o celular enquanto caminha ou espera em locais públicos.
  1. Evite deixar o celular sozinho: não deixe o celular sozinho em lugares públicos ou em veículos, mesmo que por um curto período de tempo. O ladrão pode aproveitar a oportunidade para roubar o celular e acessar suas informações pessoais.
  1. Use uma capa protetora: além de proteger o celular contra arranhões e danos físicos, uma capa protetora pode ajudar a torná-lo menos atraente para os ladrões. Escolha uma capa que seja forte e resistente, e que cubra todo o celular para evitar que ele seja facilmente identificado ou danificado.

Adotar medidas de segurança simples pode ajudar a proteger o seu celular contra furtos e garantir a privacidade de suas informações pessoais. Lembre-se de manter o celular seguro sempre que estiver em público. E utilize recursos de segurança adicionais, como aplicativos de segurança, para garantir que o seu celular esteja sempre protegido.

Saiba como proteger o seu celular de furtos
Saiba como proteger o seu celular de furtos

Como você pode se proteger de furtos

Cuidado com aplicativos de banco 

Verifique regularmente os limites diários de transações em seu aplicativo bancário e ajuste de acordo com seu padrão de uso. É recomendável estabelecer limites diferentes para cada tipo de serviço e, em alguns casos, para períodos diurnos e noturnos. O sistema do banco impede um aumento imediato dos limites, evitando que criminosos alterem as configurações e burlem a segurança.

Não salve senhas no celular

Evite salvar senhas em seu celular, mesmo que isso seja conveniente. Não ative recursos de preenchimento automático ou de armazenamento de senhas, e digite-as manualmente para cada acesso. Mesmo aplicativos considerados menos importantes podem conter informações pessoais que podem ser usadas para golpes.

Não anote suas senhas no próprio celular, pois isso elimina a segurança fornecida pelo sistema protegido. É recomendável memorizá-las ou utilizá-las em aplicativos externos de armazenamento de senhas.

Crie senhas diferentes e complexas para cada aplicativo, misturando letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Evite usar datas de aniversário ou outras informações pessoais que possam ser facilmente descobertas.

Apague mensagens e fotos sensíveis

Exclua mensagens e fotos que contenham informações sensíveis, como números de documentos ou cartões bancários, logo após a sua utilização. Não guarde essas informações em seu celular.

Desabilite notificações na tela bloqueada, pois isso pode permitir que terceiros acessem informações pessoais sem a necessidade de desbloquear o celular. Isso inclui mensagens com códigos de verificação para alterações de senhas em sites e redes sociais.

Ative a função de geolocalização

Habilitar a função de geolocalização pode ajudar a encontrar seu aparelho em caso de perda, roubo ou furto. Alguns aplicativos, como os de mapas e rotas de trânsito (Google Maps, Waze, etc.), requerem acesso à sua localização. Por isso é importante verificar se a função de geolocalização está sempre ativada no seu smartphone.

Anote o número IMEI do seu celular

Todo celular possui um número de identificação exclusivo de 15 dígitos, conhecido como IMEI. Esse número permite que a operadora identifique o dispositivo e o bloqueie permanentemente, impossibilitando o uso ou a revenda do aparelho por criminosos.

Para descobrir o número IMEI do seu celular, basta discar *#06# do seu smartphone e o número será exibido na tela. Anote-o em um local seguro e use-o para solicitar o bloqueio permanente do aparelho, caso necessário.

Recuperação de Conta Google:

Mesmo sem ter o telefone em mãos, é possível recuperar sua conta Google utilizando informações adicionais além da senha e do código de verificação enviado por SMS ou ligação. Você pode reaver o acesso à sua conta respondendo perguntas de segurança.

Recuperação de Apple ID:

Se você possui outro dispositivo Apple, pode recuperar sua conta por meio das configurações do aparelho. A Apple também oferece a opção de configurar Contatos de Recuperação para facilitar o processo de recuperação de sua conta.

O furto de celular é um problema comum em muitas partes do mundo e pode causar muitos transtornos, além de ser um risco para a segurança pessoal. Algumas medidas simples podem ajudar a evitar o roubo ou furto de celular. Por exemplo, manter o aparelho sempre com você, não deixá-lo à vista em locais públicos, utilizar senhas de desbloqueio e bloqueio remoto, além de instalar aplicativos de rastreamento e segurança. 

É importante também evitar o uso excessivo do celular em áreas com alta incidência de crimes, e sempre registrar um boletim de ocorrência caso ocorra um furto. Com essas medidas preventivas, é possível reduzir as chances de ter seu celular roubado ou furtado e aumentar a sua segurança.
Por fim, leia mais sobre: 5 dicas valiosas para diminuir o uso excessivo do Celular

Artigo anteriorComo guardar dinheiro? Confira dicas para começar
Próximo artigoComo investir dinheiro com pouco: dicas práticas para iniciar seu investimento
Professora de redação, redatora e revisora. Apaixonada por leitura e escrita desde criança. Graduou-se em letras e especializou-se em revisão textual e produção de conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui