Despejados! Príncipe Harry e Meghan Markle não são mais donos da Frogmore Cottage, sua antiga residência oficial em Londres. O Rei Charles III tomou a decisão de retirar a propriedade do casal, devolvendo-a à monarquia britânica.

A ação não foi uma surpresa para muitos, já que Harry e Meghan têm criticado publicamente a família real desde que deixaram o Reino Unido em 2020. Segundo o tabloide britânico The Sun, o Palácio de Buckingham enviou um “aviso de expulsão” ao casal, que já estava morando em uma mansão na Califórnia, nos Estados Unidos.

Frogmore Cottage

Rei Charles III retira mansão de Harry e Meghan
Mansão Frogmore Cottage – Oeste de Londres – Residência real – Foto: PA via AP

A Frogmore Cottage, uma propriedade de cinco quartos perto do Castelo de Windsor, foi concedida aos duques de Sussex como presente de casamento pela rainha Elizabeth II em 2018.

Desde então, o casal gastou cerca de R$ 12,5 milhões em trabalhos e reformas, que foram financiadas com dinheiro público. Certamente, isso causou um escândalo, e Harry teve que devolver o valor.

Além disso, Harry e sua esposa têm sido bastante críticos em relação à família real, especialmente Meghan, que disse em uma entrevista com Oprah Winfrey que se sentia isolada e desprotegida durante sua estadia no Reino Unido.

A decisão de Charles III de retirar a Frogmore Cottage do casal foi considerada difícil para o rei, mas ele entendeu que a história havia chegado a um limite. Fontes próximas à família real disseram que Charles III não propôs uma nova residência aos duques de Sussex, o que significa que eles não terão residência real durante suas poucas visitas ao Reino Unido.

Embora o rei estivesse interessado em fazer as pazes com o filho e a nora antes de sua coroação, as declarações de Harry em relação à sua esposa o deixaram indignado.

Harry e Meghan

Tudo certo

No dia em que a notícia foi divulgada mundialmente, o casal decidiu sair para se divertir e curtir uma balada, demonstrando assim que eles ‘não se importaram’ com a decisão do Rei, mesmo que a propriedade tenha sido um presente de sua falecida avó. Dizem que quem vai habitar o lugar agora é o príncipe Andrew.

Embora a retirada da Frogmore Cottage possa parecer uma questão de propriedade, ela levanta questões mais profundas sobre a relação de Harry e Meghan com a família real. Será que há esperança de que eles possam fazer as pazes? Ou a retirada da propriedade é um sinal definitivo de que o casal está cortando laços com a realeza britânica?

Independentemente do que aconteça no futuro, é certo que essa decisão terá repercussões duradouras na dinâmica familiar da realeza britânica. A questão é saber se essas repercussões serão positivas ou negativas. Apenas o tempo dirá.

Desavenças Reais

Desde que se mudaram para os Estados Unidos em 2020, Harry e Meghan têm intensificado suas críticas à realeza britânica, especialmente em relação ao tratamento que receberam da imprensa e aos supostos conflitos familiares.

As declarações públicas e as entrevistas do casal levaram a uma maior tensão entre eles e a família real, em especial com o Príncipe Charles, que supostamente estava interessado em reconciliar-se com o filho e a nora antes de sua coroação.

No entanto, a decisão do Rei Charles III de retirar a residência oficial do casal em Frogmore Cottage, concedida como presente de casamento pela Rainha Elizabeth II em 2018, sugere que as coisas ainda estão tensas entre as partes envolvidas.

O ato de “expulsar” o casal da propriedade, que foi reformada com dinheiro público, não apenas simboliza uma perda material para Harry e Meghan, mas também representa uma afirmação de autoridade por parte da monarquia britânica.

Segundo fontes próximas à família real, a decisão foi difícil para o Rei Charles III, mas foi vista como necessária para evitar a aparência de que Harry estava em crise com seus parentes. Ainda assim, a ação pode ter efeitos duradouros no relacionamento já frágil entre o casal e a realeza britânica.

Não se sabe se o Príncipe Charles ofereceu outra residência ao casal, mas a falta de um lar real pode afetar suas futuras visitas ao Reino Unido. Contudo, a devolução de Frogmore Cottage à monarquia britânica também abre espaço para especulações sobre quem irá ocupar a propriedade agora.

Isso gerou controvérsia, já que Andrew está envolvido em polêmicas, como seu relacionamento com o empresário Jeffrey Epstein, que foi preso por feias acusações.

Conclusão

Em última análise, a decisão do Rei Charles em retirar a mansão Frogmore Cottage de Harry e Meghan pode ser vista como um símbolo da mudança de dinâmica na relação entre a família real britânica e seus membros dissidentes.

O ato também pode ser interpretado como uma mensagem para outros membros da realeza, de que o comportamento fora das normas pode levar a consequências graves. Entretanto, a forma como o casal respondeu à perda de sua propriedade sugere que eles não têm planos de se afastar da atenção pública tão cedo.

Você gosta de ação, drama e esporte? Já pensou tudo isso em um único filme? Não?! Então você não pode perder a oportunidade de assistir ao novo filme de Michael B. Jordan, Creed III. Este é o terceiro filme da série e promete ser ainda mais emocionante do que os anteriores.

Para saber mais sobre o filme, clique no link abaixo e leia nosso artigo exclusivo, onde você vai encontrar todas as informações que precisa para ficar por dentro dessa nova aventura de Adonis Creed e seus desafios no ringue. Você vai descobrir detalhes sobre a história do filme, seus personagens e curiosidades.

Creed 3 estreia sem Sylvester Stallone e com Michael B Jordan na direção

Artigo anteriorFilmes: lançamentos mais aguardados do 1º semestre de 2023
Próximo artigoAs cores do verão: Saiba qual a cor mais combina com a sua pele
Empresária - CO-Fundadora do grupo JGMC somos especializados em produção de conteúdo, mais informações no site: https://jgmc.tech

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui