A rinomodelação é uma técnica não cirúrgica que envolve a injeção de preenchedores na ponta, narinas ou dorso nasal para mudar a aparência do nariz. 

É uma opção popular para quem deseja corrigir defeitos menores ou melhorar o contorno do nariz sem recorrer a uma cirurgia plástica tradicional. 

Embora a rinomodelação possa parecer uma opção atraente para algumas pessoas, há muitos riscos associados a essa técnica que devem ser considerados antes de tomar uma decisão.

Neste artigo, vamos explorar em detalhes os riscos da rinomodelação e por que é importante que os pacientes considerem cuidadosamente suas opções antes de optar por esse procedimento.

rinomodelação
  1. Infecção

A infecção é um risco comum associado à rinomodelação. A introdução de agulhas no tecido nasal pode causar lesões na pele, tornando mais fácil para bactérias e outros patógenos causarem infecções. 

Além disso, os materiais usados para preencher o nariz podem conter bactérias ou outros agentes infecciosos, o que aumenta ainda mais o risco de infecção.

Os sintomas de infecção podem incluir dor, vermelhidão, inchaço e secreção. Em casos graves, a infecção pode se espalhar para outras partes do corpo, causando febre e mal-estar geral. 

É importante que os pacientes informem imediatamente o médico se apresentarem qualquer um desses sintomas após uma rinomodelação.

  1. Lesões no nariz

A rinomodelação envolve a injeção de preenchedores em diferentes partes do nariz. Se o preenchimento for injetado no lugar errado, ele pode danificar os tecidos circundantes e causar lesões no nariz.

 Em alguns casos, essas lesões podem ser graves e requerer cirurgia para corrigir.

Além disso, o uso excessivo de preenchedores pode aumentar o risco de lesões no nariz. O excesso de preenchimento pode causar tensão na pele, o que pode levar a deformidades permanentes.

  1. Reações alérgicas

Os preenchedores usados na rinomodelação podem causar reações alérgicas em algumas pessoas. 

Essas reações podem variar de leves a graves e podem incluir sintomas como coceira, vermelhidão, inchaço e dificuldade para respirar.

É importante que os pacientes informem ao médico sobre quaisquer alergias antes de fazer uma rinomodelação. 

O médico pode usar um preenchimento diferente ou tomar outras medidas para reduzir o risco de reações alérgicas.

  1. Obstrução nasal

A rinomodelação pode causar obstrução nasal em alguns casos. Isso pode acontecer quando o preenchimento é injetado nas narinas, tornando difícil para o paciente respirar pelo nariz.

A obstrução nasal pode ser temporária ou permanente, dependendo da gravidade do problema. Em casos graves, pode ser necessário fazer uma cirurgia para corrigir a obstrução.

  1. Resultados insatisfatórios

Embora a rinomodelação possa ser eficaz em melhorar a aparência do nariz, há casos em que o resultado final não atende às expectativas do paciente. 

rinomodelação

Isso pode ocorrer por vários motivos, como uma escolha inadequada de preenchedores, erros na técnica de injeção ou variações na anatomia do nariz.

Quando isso acontece, pode ser difícil corrigir o problema. Em alguns casos, o paciente pode precisar fazer uma cirurgia plástica tradicional para obter o resultado desejado.

  1. Complicações graves

Embora as complicações graves sejam raras, elas ainda podem ocorrer com a rinomodelação. 

Alguns dos riscos mais graves incluem a perfuração da cartilagem nasal, necrose da pele e embolia pulmonar.

A perfuração da cartilagem nasal pode ocorrer quando a agulha é inserida profundamente no nariz, perfurando a cartilagem que sustenta a estrutura do nariz. Isso pode levar a deformidades permanentes e requerer cirurgia para corrigir.

A necrose da pele é um risco associado à injeção de preenchedores em áreas próximas aos vasos sanguíneos. 

Isso pode impedir o fluxo de sangue para a pele, causando danos permanentes. Em alguns casos, a necrose da pele pode exigir cirurgia para remover a área afetada.

A embolia pulmonar é um risco muito raro, mas grave, associado à rinomodelação. Isso ocorre quando o preenchimento é injetado diretamente em um vaso sanguíneo, viajando através da corrente sanguínea até os pulmões. Isso pode levar a complicações graves e potencialmente fatais.

Como é feita a rinomodelação?

A rinomodelação é um procedimento minimamente invasivo que envolve a injeção de preenchedores dérmicos ou bioestimuladores de colágeno no nariz para alterar sua forma e aparência. 

O procedimento geralmente é realizado em consultório médico, com a aplicação de anestesia local para minimizar qualquer desconforto.

Abaixo, veja como é feita a rinomodelação:

Limpeza e preparação do nariz

Antes do procedimento, o nariz é limpo e desinfetado para minimizar o risco de infecção. 

O médico também pode aplicar um anestésico tópico no nariz para ajudar a minimizar o desconforto durante a injeção.

Escolha do preenchedor

O médico escolhe um preenchedor adequado para a rinomodelação, levando em consideração a anatomia do nariz, a quantidade de correção necessária e a preferência do paciente.

Injeção do preenchedor

Usando uma agulha fina, o médico injeta o preenchedor no nariz, geralmente começando na ponta e trabalhando em direção à base. 

O profissional pode usar uma técnica de fanning, que consiste em injetar o preenchedor em múltiplos pontos em diferentes camadas, a fim de obter um resultado mais natural e uniforme.

Moldagem e ajuste da forma

Após a injeção do preenchedor, o médico molda e ajusta cuidadosamente a forma do nariz para alcançar o resultado desejado. Isso pode incluir a utilização de pressão manual ou instrumentos especiais para modelar o preenchedor e obter uma aparência mais simétrica.

Avaliação final e cuidados pós-procedimento

Após a rinomodelação, o médico avalia o resultado final e pode fazer pequenos ajustes para garantir que o nariz tenha a forma desejada. 

O paciente pode experimentar algum inchaço, vermelhidão ou sensibilidade no local da injeção, mas esses sintomas geralmente desaparecem em alguns dias. 

Ele pode recomendar cuidados pós-procedimento, como evitar atividades extenuantes, exposição ao sol e aplicação de maquiagem na área tratada por um determinado período de tempo.

É importante ressaltar que a rinomodelação é um procedimento médico que requer habilidade e experiência. 

Por isso, é fundamental escolher um profissional qualificado e de confiança para realizar o procedimento, além de ter expectativas realistas em relação ao resultado final.

rinomodelação

Embora a rinomodelação possa parecer uma opção atraente para quem deseja melhorar a aparência do nariz sem cirurgia, é importante considerar cuidadosamente os riscos associados a essa técnica. 

Infecções, lesões no nariz, reações alérgicas, obstrução nasal, resultados insatisfatórios e complicações graves são todos riscos que devem ser levados em consideração antes de optar por uma rinomodelação.

Se você está considerando uma rinomodelação, é importante discutir suas opções com um médico experiente e certificado em cirurgia plástica. 

O profissional gabaritado para realizar o procedimento pode avaliar seus objetivos estéticos e ajudá-lo a determinar se a rinomodelação é a escolha certa para você. 

Certifique-se também de entender completamente os riscos e benefícios associados à técnica antes de tomar uma decisão.

Veja também famosos que passaram por cirurgias plásticas.

Artigo anteriorInvestimento: Aproveite o aumento da Selic
Próximo artigoTurnê de despedida do Skank chega ao fim
Professora de redação, redatora e revisora. Apaixonada por leitura e escrita desde criança. Graduou-se em letras e especializou-se em revisão textual e produção de conteúdo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui